Rachadinhas: Ação contra senador Flávio Bolsonaro volta a andar na Justiça do Rio; leia

A ação contra o senador Flávio Bolsonaro (Patriota), que investiga um esquema de rachadinhas voltou a andar na Justiça do Rio de Janeiro. O caso estava parado desde novembro, quando o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou a quebra de sigilo bancário e fiscal. A defesa do filho do presidente Bolsonaro entrou com um pedido para que o processo voltasse do zero, no entanto, foi negado pelo STJ.

O segmento do processo, agora segue firmado pela desembargadora Maria Augusta Vaz Monteiro de Figueiredo, que faz parte do TJRJ, atendendo o pedido do Mistério Público.

A defesa de Flávio bolsonaro disse que a notificação é precipitada, pois “o próprio Ministério Público havia se manifestado no sentido de aguardar o desfecho dos recursos que pedem a anulação total do processo, antes de nova denúncia”.

Nota:

“Decerto a defesa reclamará ao STJ a preservação da autoridade do seu julgado que determinou a exclusão de todas as provas contaminadas pelo afastamento dos sigilos fiscal e bancário. A notificação será respondida assim que chegar ao nosso conhecimento”, completou, em nota.