“Milei está destruindo a economia da Argentina”, diz ditador da Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou nesta sexta-feira (21) que o presidente argentino, Javier Milei, está “destruindo” a economia e o Estado do seu país com um “paradigma neoliberal fracassado”.

– O que Milei está fazendo na Argentina? Destruindo a economia, os direitos sociais, o Estado, entregando a riqueza do lítio aos bilionários americanos, arruinando a Argentina com um paradigma neoliberal que já fracassou inúmeras vezes – declarou Maduro durante um evento no estado insular de Nueva Esparta.

Em contrapartida, Maduro afirmou que a Venezuela “está quebrando os paradigmas neoliberais”, “crescendo, derrotando a inflação e distribuindo riqueza”.

Em maio, Maduro acusou Milei de fazer o “trabalho sujo” para transformar a Argentina em uma colônia dos Estados Unidos.

Por outro lado, o presidente argentino declarou no mês passado que não tem nada a discutir com Maduro, a quem considera um “ditador” que tenta influenciar as eleições presidenciais de 28 de julho, nas quais o líder venezuelano busca sua segunda reeleição.

As relações entre Argentina e Venezuela, que foram estreitas durante os mandatos dos peronistas Néstor Kirchner (2003-2007), Cristina Kirchner (2007-2015) e Alberto Fernández (2019-2023), deterioraram-se após a posse de Javier Milei na Casa Rosada, em 10 de dezembro.